domingo, 26 de junho de 2011

Inverno



"Inverno em tudo
Não sou ninguém, eu não sou ninguém
Nada em mim reluz
Espero só pra nunca mais te ver
Espero alguém que venha me livrar de ti.

Teu nome em tudo
Entrudo festa - teu carnaval
Eu não sou ninguém
Noutro verão sambavas com alguém
Agora inverno e a outro teu calor te dás.

Teu nome inferno
Ver no teu olho não sou ninguém
Branquinha, ver que nada tens em ti de mim:
Doer.

Vou te mentir pra mim
Que já passou
Mais nada tens de mim
Tudo tens.

Tá tanto frio aqui
Meu corpo dói
Espreito o telefone...
Vai tocar..."

(Marcelo Delacroix e Arthur de Faria)

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Vida!



"..é um beijo, um carinho..."

sábado, 12 de fevereiro de 2011

C.F.A.

"Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.” (C.F.A)


"E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca - levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário… por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo." (C.F.A)


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

"...Sois belas, mas vazias..."


"...disse ele ainda:

Não se pode morrer por vós.
Minha rosa, sem dúvida,
um transeunte
qualquer
pensaria que se parece convosco.

Ela sozinha é, porém,
mais importante que vós todas,

pois foi a ela que eu reguei.
Foi a ela que pus sob a redoma.
Foi a ela que abriguei com o pára-vento.
Foi dela que eu matei as larvas
(exceto duas ou três por causa das borboletas).
Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se,
ou mesmo calar-se algumas vezes.
É a minha rosa."
(Saint Exupèry)

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Just Breathe - Pearl Jam

Se pelo menos....














"Se ao menos esta dor servisse
se ela batesse nas paredes
abrisse portas falasse
se ela cantasse e despenteasse os cabelos

se ao menos esta dor visse
se ela saltasse fora da garganta
como um grito
caísse da janela fizesse barulho
morresse

se a dor fosse um pedaço de pão duro
que a gente pudesse engolir com força
depois cuspir saliva fora
sujar a saliva fora
sujar a rua os carros o espaço o outro
esse outro escuro que passa indiferente
e que não sofre e tem o direito de não sofrer

se a dor fosse só a carne do dedo
que se esfrega na parede de pedra
para doer visível
doer penalizante
doer com lágrimas
se ao menos essa dor sangrasse..."
(Saramago)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Fanatismo


"Minh'alma, de sonhar-te anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver !
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida !

Não vejo nada assim enlouquecida ...

Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida !

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa ..."

Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim !

E, olhos postos em ti, digo de rastros :

"Ah ! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus : Princípio e Fim ! ..."
(Florbela Espanca)

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

A Carne é Fraca

http://www.megaupload.com/?d=OEFDJY6C

domingo, 5 de dezembro de 2010

Testamento




O que não tenho e desejo

É que melhor me enriquece.

Tive uns dinheiros — perdi-os...

Tive amores — esqueci-os.

Mas no maior desespero

Rezei: ganhei essa prece.

Vi terras da minha terra.

Por outras terras andei.

Mas o que ficou marcado

No meu olhar fatigado,

Foram terras que inventei.

Gosto muito de crianças:

Não tive um filho de meu.

Um filho!... Não foi de jeito...

Mas trago dentro do peito

Meu filho que não nasceu.

Criou-me, desde eu menino

Para arquiteto meu pai.

Foi-se-me um dia a saúde...

Fiz-me arquiteto? Não pude!

Sou poeta menor, perdoai!

Não faço versos de guerra.

Não faço porque não sei.

Mas num torpedo-suicida

Darei de bom grado a vida

Na luta em que não lutei!

(Manuel Bandeira, 29 de janeiro de 1943)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

esquisito



"Ninguém escolhe ser esquisito.
A maioria nem percebe que é
esquisito até ser tarde demais
para mudar.
Mas não importa o quão esquisito
você seja, as chances são de que
ainda exista alguém para você.
[nesse caso o 'você' sou eu rsrs]
A não ser que tenha seguido em
frente, porque quando se trata de
amor nem os esquisitos podem
esperar para sempre."

domingo, 31 de outubro de 2010

Loucos e Santos



"Escolho meus amigos não pela pele
ou outro arquétipo qualquer,
mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador
e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito
nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem
o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem
das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada
e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo,
quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim:
metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade
sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que
a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto;
e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos,
bobos e sérios, crianças e velhos,
nunca me esquecerei de que "normalidade"
é uma ilusão imbecil e estéril."

Oscar Wilde



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A Woman Left Lonely...




"...yeah, those red-hot flames
try to push old love aside..."

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Consolo


"Vamos, não chores...
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.
O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.
Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis casa, navio, terra.
Mas tens um cão.
Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o 'humour'?
A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho."
(Carlos Drummond de Andrade)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Orgulho de ser GAÚCHA!!!


"...sirvam nossas façanhas
de modelo
a toda a teeeerra..."

sábado, 7 de agosto de 2010

Desafio



















Fui desafiada pela Juni.
somaisumbloginvulgar.blogspot.com

1 - O que tem na sua bolsa neste exacto momento?
minha bolsa parece a casinha do snoopy.. rsrs
necessaire, carteira, cigarros, vales transporte, celular, fone de ouvido, caneta, agenda...
2 - Contar 3 coisas que eu fazia na infância.
brincava com as crianças da vizinhança e meus primos, ajudava minha mãe nos afazeres domésticos e ia para a escola. Essas são as 3 coisas mais frequentes. Mas tenho uma memória muito viva da minha infância, muitas lembranças...
3 - O que tem na minha necessaire?
delineador, rimel, sombra, base translúcida, apontador, escova de dentes e creme dental, manteiga de cacau, batom e gloss, creme para as mãos e perfume.

Meu desafio vai para a Helinha.
helinhaessencial.blogspot.com

terça-feira, 3 de agosto de 2010

"cantadiiinha" Nerd - coisa 'maaais' amor! *-*

















xxxx diz (06:48):
*para
*e presta atenção
*na equação
*9x-7i > 3(3x-7u)

xxxx diz (06:49):
*Sabe resolve isso?

(F)RÔ!(F) diz (06:49):
*claro q nao

xxxx diz (06:49):
*então
*olha só

xxxx diz (06:51):
* 9x-7i > 3(3x-7u)
------------------
9x-7i > 9x-21u -9X -9X
------------------
-7i/7 > -21u/7

xxxx diz (06:52):
* o resultado fica assim:
i <3 u

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Manifesto do Coração!

MANIFESTO DO
1. Seja honesto
2. Acredite em conto de fadas
3. Aceite o tempo como seu amigo e não como seu inimigo
4. Garanta que o sexo seja bom
5. Promova a beleza. Faça uma campanha contra a feiura
6. Abandone a busca pela felicidade e suas falsas promessas
7. Tenha compaixão
8. Sempre esteja disposto a admitir que errou.
(extraído do filme Regras do Amor)

domingo, 1 de agosto de 2010

Psicologia de Um Vencido


"Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênese da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.

Profundissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância...
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
Que se escapa da boca de um cardíaco.

Já o verme - este operário das ruínas -
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e á vida em geral declara guerra,

Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!"
(Augusto dos Anjos)

segunda-feira, 26 de abril de 2010

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

"...o amor é uma flor e você é apenas a semente..."


[tradução]


A Rosa

"Alguém diz amor, é um rio
Que deita a relva suavemente
Alguém diz amor, é uma lâmina
Que deixa sua alma sangrando
Alguém diz amor, é uma fome
Uma necessidade de dor sem fim
Eu digo amor é uma flor
E você é a apenas a semente

É o coração com medo de quebrar
Que nunca aprende a dançar
É o sonho com medo de acordar
E nunca teve a chance
É o primeiro que não pode ser pego
O que não pode ser mostrado
E a alma com medo de afundar
Que nunca, aprende a viver

Quando a noite aconteceu, vindo sozinha
E a estrada tinha sido muito longa
Que você pensou que o amor era apenas
Para os sortudos e os fortes
Apenas lembre do inverno passado,
Que embaixo da neve triste
Dorme a semente que o sol ama
E na primavera ela se transforma em rosa..."

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

domingo, 24 de janeiro de 2010

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

E espero que o fim da tarde venha com vocêeeeee...




"...nem penso muito no que pode acontecer
enquanto arrumo todas as coisas que eu sinto,

o meu passado e o meu destino.

e espero que o fim da tarde venha com vocêeeee..."

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

se para muitos....

"...por mais que se percam nas distancias
ou ardam,
silenciosamente
eu sempre as encontrarei,

pois, se para muitos infinito é o universo,
eu bem sei que infinitos
também são os meus olhos..."


domingo, 17 de janeiro de 2010

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Desencanto - Manuel Bandeira

"Eu faço versos como quem chora
De desalento... de desencanto...
Fecha o meu livro, se por agora
Não tens motivo nenhum de pranto.

Meu verso é sangue. Volúpia ardente...
Tristeza esparsa... remorso vão...
Dói-me nas veias. Amargo e quente,
Cai, gota a gota, do coração.

E nestes versos de angústia rouca,
Assim dos lábios a vida corre,
Deixando um acre sabor na boca.
- Eu faço versos como quem morre."

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Fácil, Fácil.. rsrsrs

Amigo é para essas coisas!
ahahaha

domingo, 3 de janeiro de 2010

Esotérico!


"Não adianta nem me abandonar
Porque mistério sempre há de pintar por aí
Pessoas até muito mais vão lhe amar
Até muito mais difíceis que eu prá você
Que eu, que dois, que dez, que dez milhões, todos iguais
Até que nem tanto esotérico assim
Se eu sou algo incompreensível, meu Deus é mais
Mistério sempre há de pintar por aí
Não adianta nem me abandonar
Nem ficar tão apaixonada, que nada
Que não sabe nadar
Que morre afogada por mim..."
"Existe somente uma idade para a gente ser feliz.
Somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível
sonhar, fazer planos e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
Uma só idade para a gente se encantar com a vida,
viver apaixonadamente e desfrutar tudo com intensidade,
sem medo nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria semelhança e vestir-se com todas as cores,
experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores.
Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é
mais um convite à luta, que a gente enfrenta com
toda a disposição de tentar algo novo, de novo e de novo
E quantas vezes for preciso.
Essa idade tão fulgas na vida da gente chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa..."

sábado, 2 de janeiro de 2010

Guerra e Paz


"Os que se chamam grandes homens são etiquetas
que dão o seu nome aos acontecimentos históricos;
e assim como as etiquetas,
não têm relação com esses acontecimentos."
(L. Tolstoi)

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

para que foi mesmo???

Olha 2010 aiiii...

FELIZ ANO NOVO
PARA TODOS/AS NÓS!!!
E QUE HAJA SEMPRE
UM MOTIVO ESPECIAL
QUE NOS UNA
E NOS FAÇA VIVER!!!


quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

melhoooor... melhoooores...


Quino sempre tem uma charge perfeita...
para todas as ocasiões e, especialmente, por isso
escolhi a Mafalda para ilustrar esse final de 2009
e início de 2010...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Les Deseo... utopias...


Izaaa.. minha amiga, minha fada arco-íris!!!

A fe-li-ci-da-de mora aquiiii -----> S2



"Felicidade é deitar no sol,
É abraçar o filho, é ver o amanhecer.
É aniversário, é cartão postal,
Pipoca e filme, é noite na TV.
Felicidade é um 10 na prova,
É café na cama, é fruta do pé.
É uma rosa, uma receita nova.
É entrar em férias, é um picolé.
Felicidade, para existir,
Pequena, imensa, tem que surgir.
Felicidade é perceber
Que a felicidade mora aqui!"

(Jingle de final de ano, de meados da década de 90)

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

ahahaha... tanto entusiasmo e... "vamos ver em julho..."


- Adeus ano velho. Nunca mais te veremos!

- Não, Filipe. Em vez de olhar com pena para o ano velho,
olhe para o ano novo com alegria e entusiasmo!

Assim: "Olá ano novo! Que alegria tê-lo com a gente!"

E vamos ver se em julho podemos dizer a mesma coisa, viu?

Horinhas de Descuido!!!


"O que faz você feliz?
A lua, a praia, o mar
Uma rua, passear
Um doce, uma dança, um beijo
Ou goiabada com queijo

Afinal, o que faz você feliz?

Chocolate, paixão, dormir cedo, acordar tarde
Arroz com feijão, matar a saudade
O aumento, a casa, o carro que você sempre quis
Ou são os sonhos que te fazem feliz?

Dormir na rede, matar a sede
Ler ou viver um romance
O que faz você feliz?

Um lápis, uma letra, uma conversa boa
Um cafuné, café com leite, rir a toa
Um pássaro, um parque, um chafariz
Ou será o choro que te faz feliz?

A pausa para pensar
Sentir o vento, esquecer o tempo
O céu, o sol, um som
A pessoa, ou o lugar?

Agora me diz, o que faz você feliz?
O que faz você feliz?

Aquela comida caseira
Arroz com feijão, brincar a tarde inteira
O molho do macarrão
Ou é o cheiro da cebola fritando que faz você feliz?

O papo com a vizinha
O bife, a batatinha
A goiabada com queijo
Um doce ou um desejo

Afinal, o que faz você feliz?
O que faz você feliz?

Ficar de bobeira
Assaltar a geladeira
Comer frango com a mão
Tomar água na garrafa
Passar azeite no pão
Ou é namorar a noite inteira que faz você feliz?

Rir e brindar à toa
Um filme, uma conversa boa
Fazer um dia normal virar uma noite especial

Afinal, o que faz você feliz?
O que faz você feliz?

Comer morango com a mão
Pôr açúcar no abacate
Brincar com o melão
Goiaba, romã, jabuticaba
Ou é o gostinho de infância que te faz feliz?

Cuspir sementes de melancia
Falar besteira
Ficar sem fazer nada
Plantar bananeira
Ou comer banana amassada

Afinal, o que faz você feliz?"

(trechos "felizes" dos comerciais do grupo Pão de Açucar)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

domingo, 27 de dezembro de 2009

sábado, 26 de dezembro de 2009

Eu acho que eu vi um gatxiiiinhooo... *-*

aaaiiinnn...
papai noel me trouxe um presentxiiinhooo especial...
apareceu hoje um gatxiiinhooo aqui em casa...
e eu adotei ele com muuuuitooo carinhooo...
coisa maaais amoooor!!!

"Prometeu"

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Feliz Natal para todos/as nós!!!


Natal é tempo de distribuir
alegrias, de estar feliiiiz...
como em qualquer época do ano,
desde que eu esteja com você!!!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Amigo Secreto Virtual


Hoje tenho para registrar a alegria que a virtualidade me reservou, surpreendentemente !!!
A breve história é que participei de um "amigo secreto virtual" e quando tudo indicava que seria uma "fria"...heheh... a vida me reservou a grata surpresa de ser sorteada na brincadeira pelo Ricardo (Amaral) que é um queridiiiissiiimo.. Ele participa comigo e tantos outros de uma comunidade - orkut - e um grupo - msn.
O Sedex chegou hoje com um cartão muito amigável, repleto de palavras gentis, alem de um belo livro de contos, selecionados, da maravilhosa Clarice Lispector.

Grata pelo carinho e amizade!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Parafraseando G. Garcia Marquez


'...não assumirei, loucamente,

o que já o sabes...'


terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Homem é o que sois!!!


Sou grata por tanta delicadeza,
tanta sensibilidade e tanta ternura...

domingo, 20 de dezembro de 2009

"acompanhadas de um bilhete me deixam nervosaaa..."


"...Toda mulher gosta de rosas
E rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas
Mas sempre são rosas..."
(Rosas - Totonho Villeroy)

sábado, 19 de dezembro de 2009

50%


"...Se você vê estrelas demais
Lembre que o sonho não volta atrás
Chega perto e diz: "Anjo!"
Se você sente o corpo colar
Solte o seu medo bem devagar
Chega perto e diz: "Anjo!"
Bem mais perto e diz: "Anjo!..."
(Anjo - Renato Correa/Dalto/Claudio Rabelo)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

S2


ai ai ai...
meu coraçãoooziiinhoooo...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Ou ainda...


"Ser misterioso e triste, é ser poeta:
Mesmo a luz que palpita nos teus cantos.
É uma imagem heroica dos teus prantos.
Percorre o teu caminho até ao fundo,
E com os versos que achaste, aumenta o mundo.
Não sejas um escritor, mas um profeta."
(António Quadros)

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Ser Poeta...

"Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens!
Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!"
(Florbela Espanca)

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Sílaba


Um poema não se programa
Porém a disciplina
-Sílaba por sílaba-
O acompanha.

Sílaba por sílaba
O poema emerge
-Como se os deuses o dessem
O fazemos.
(Sophia de Mello Breyner)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

carnaval toda la vida!!!

"...que se te va pasando el tiempo mujer
y que la vida se te va
solo te pido que te vuelvas de verdad
y que el silencio se convierta en carnaval..."


domingo, 13 de dezembro de 2009

Bodas de Rubi

Ao amor que existe!!! =)

Meus pais nesta data completaram
saudáveis, felizes e unidos
40 anos de casados...
justos, cumplices, amigos, amáveis,
prestativos, alegres, solidários,
perseverantes...
simples assim, assim...



Me sinto muito honrada sendo fruto de um amor assim...


sábado, 12 de dezembro de 2009

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

GAROTO DE ALUGUEL



"...Dê-me seu relógio
Que eu quero saber
Quanto tempo falta
Para lhe esquecer..."

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009


FASES DA TPM
(Descrita por eles)
* Segundo a visão masculina, dividiu-se a TPM em 4 fases principais:

*Fase 1 - a Fase Meiguinha*
Tudo começa quando a mulher começa a ficar dengosa, grudentinha. Bom sinal?
Talvez, se não fosse mais do que o normal. Ela te abraça do nada, fala com aquela vozinha de criança e com todas as palavras no diminutivo. A fase começa chegar ao fim quando ela diz que está com uma vontade absurda de comer chocolate. O que se segue,é uma mudança sutil desse comportamento, aparentemente inofensivo, para um temperamento um pouco mais depressivo.
*Fase 2 - a Fase Sensível*
Ela passa a se emocionar com qualquer coisa, desde uma pequena rachadura em forma de gatinho no azulejo em frente à privada, até uma reprise de um documentário sobre a vida e a morte trágica de Lady Di.
Esse estágio atinge um nível crítico com uma pergunta que assombra todos os homens, desde os inexperientes até os mais escolados como o meu pai:
- Você acha que eu estou gorda?
Notem que não é uma simples pergunta retórica. Reparem na entonação, na escolha das palavras. O uso simples do verbo 'estou' ao invés da combinação 'estou ficando', torna o efeito da pergunta muito mais explosiva do que possamos imaginar. E essa pergunta, meus amigos, é só o começo da pior fase da TPM.
Essa pergunta é a linha divisória entre essa fase sensível da mulher para uma fase mais irascível.
*Fase 3 - a Fase Explosiva*
Meus amigos, essa é a fase mais perigosa da TPM.
Há relatos de mulheres que cometeram verdadeiros genocídios nessa fase. Desconfio até que várias limpezas étnicas tenham sido comandadas por mulheres na TPM. Exagero à parte, realmente essa é a pior fase do ciclo tepeêmico. Você chega na casa dela, ela está de pijama, pantufas e descabelada. A cara não é das melhores quando ela te dá um beijo bem rápido, seco e sem língua. Depois de alguns minutos de silêncio total da parte dela, você percebe que ela está assistindo aquele canal japonês que nem ela nem você sabem o nome. Parece ser uma novela ambientada na era feudal. Sem legendas...
Então, meio sem graça, sem saber se fez alguma coisa errada, você faz aquela famosa pergunta: 'Tá tudo bem?' A resposta é um simples e seca: 'Ta' sem olhar na sua cara.
Não satisfeito, você emenda um 'Tem certeza?', que é respondido mais friamente com um rosnado baixo e cavernoso 'teenhoo.'. Aí, como somos legais e percebemos que ela não tá muito a fim de papo, deixamos quieto e passamos a tentar acompanhar o que Tanaka está tramando para tentar tirar Kazuke de Joshiro, o galã da novela que...
- Merda, viu!? - ela rosna de repente.
- Que foi?
A Fase Explosiva acaba de atingir o seu ápice com essa pergunta.
Sem querer, acabamos de puxar o gatilho. O que se segue são esporros do tipo:
- Você não liga pra mim! Tá vendo que eu to aqui quase chorando e você nem pergunta o que eu tenho! Mas claro! Você só sabe falar de você mesmo!
Ah, o seu dia foi uma merda? O meu também! E nem por isso eu fico aqui me lamuriando com você!
E pára de me olhar com essa cara! Essa que você faz, e você sabe que me irrita! Você não sabe! Aquele vestido que você me deu ficou apertado! Aaaai, eu fico looooouca quando essas coisas me acontecem!
Você também, não quis ir comigo no shopping trocar essa merda! O pior de tudo é que hoje, quando estava indo para o trabalho, um motoqueiro mexeu comigo e você não fez nada! Pra que serve esse seu Jiu Jitsu?
Ah,você não estava comigo? Por que não estava comigo na hora? Tava com alguma vagabunda? Aquela sua colega de trabalho, só pode ser ela. E nem pra me trazer um chocolate! Cala sua boca! Sua voz me irrita!
Aliás,vai embora antes que eu faça alguma besteira. Some da minha frente!
Desnorteado, você pede o pinico e sai. Tenta dar um beijinho de boa noite e quase leva uma mordida.
*Fase 4 - a Fase da Cólica*
No dia seguinte o telefone toca. É ela, com uma voz chorosa, dizendo que está com uma cólica absurda, de não conseguir nem andar. Você vai à casa dela e ela te recebe dócil, superamável. Faz uma cara de coitada,como se nada tivesse acontecido na noite anterior, e te pede pra ir à farmácia comprar um Atroveran, Ponstan ou Buscopan pra acabar com a dor dela.Você sai pra comprar o remédio meio aliviado, meio desconfiado 'O que aconteceu?', você se pergunta. 'Tudo bem'. Você pensa: 'Acho que ela se livrou do encosto'. Pronto! A paz reina novamente. A cólica dobra a fera e vocês voltam a ser um casal feliz. Pelo menos até daqui a 20 dias...

P.S.: O PIOR NÃO É ISSO, O PIOR É QUE ELAS ESTÃO LENDO ISTO E ESTÃO DANDO RISADA!!! ESTÃO DIZENDO, SOU ASSIM MESMO, E DAÍ?