segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

A Carne é Fraca

http://www.megaupload.com/?d=OEFDJY6C

domingo, 5 de dezembro de 2010

Testamento




O que não tenho e desejo

É que melhor me enriquece.

Tive uns dinheiros — perdi-os...

Tive amores — esqueci-os.

Mas no maior desespero

Rezei: ganhei essa prece.

Vi terras da minha terra.

Por outras terras andei.

Mas o que ficou marcado

No meu olhar fatigado,

Foram terras que inventei.

Gosto muito de crianças:

Não tive um filho de meu.

Um filho!... Não foi de jeito...

Mas trago dentro do peito

Meu filho que não nasceu.

Criou-me, desde eu menino

Para arquiteto meu pai.

Foi-se-me um dia a saúde...

Fiz-me arquiteto? Não pude!

Sou poeta menor, perdoai!

Não faço versos de guerra.

Não faço porque não sei.

Mas num torpedo-suicida

Darei de bom grado a vida

Na luta em que não lutei!

(Manuel Bandeira, 29 de janeiro de 1943)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

esquisito



"Ninguém escolhe ser esquisito.
A maioria nem percebe que é
esquisito até ser tarde demais
para mudar.
Mas não importa o quão esquisito
você seja, as chances são de que
ainda exista alguém para você.
[nesse caso o 'você' sou eu rsrs]
A não ser que tenha seguido em
frente, porque quando se trata de
amor nem os esquisitos podem
esperar para sempre."

domingo, 31 de outubro de 2010

Loucos e Santos



"Escolho meus amigos não pela pele
ou outro arquétipo qualquer,
mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador
e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito
nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem
o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem
das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada
e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo,
quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim:
metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade
sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que
a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto;
e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos,
bobos e sérios, crianças e velhos,
nunca me esquecerei de que "normalidade"
é uma ilusão imbecil e estéril."

Oscar Wilde



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A Woman Left Lonely...




"...yeah, those red-hot flames
try to push old love aside..."

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Consolo


"Vamos, não chores...
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.
O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.
Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis casa, navio, terra.
Mas tens um cão.
Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o 'humour'?
A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho."
(Carlos Drummond de Andrade)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Orgulho de ser GAÚCHA!!!


"...sirvam nossas façanhas
de modelo
a toda a teeeerra..."

sábado, 7 de agosto de 2010

Desafio



















Fui desafiada pela Juni.
somaisumbloginvulgar.blogspot.com

1 - O que tem na sua bolsa neste exacto momento?
minha bolsa parece a casinha do snoopy.. rsrs
necessaire, carteira, cigarros, vales transporte, celular, fone de ouvido, caneta, agenda...
2 - Contar 3 coisas que eu fazia na infância.
brincava com as crianças da vizinhança e meus primos, ajudava minha mãe nos afazeres domésticos e ia para a escola. Essas são as 3 coisas mais frequentes. Mas tenho uma memória muito viva da minha infância, muitas lembranças...
3 - O que tem na minha necessaire?
delineador, rimel, sombra, base translúcida, apontador, escova de dentes e creme dental, manteiga de cacau, batom e gloss, creme para as mãos e perfume.

Meu desafio vai para a Helinha.
helinhaessencial.blogspot.com

terça-feira, 3 de agosto de 2010

"cantadiiinha" Nerd - coisa 'maaais' amor! *-*

















xxxx diz (06:48):
*para
*e presta atenção
*na equação
*9x-7i > 3(3x-7u)

xxxx diz (06:49):
*Sabe resolve isso?

(F)RÔ!(F) diz (06:49):
*claro q nao

xxxx diz (06:49):
*então
*olha só

xxxx diz (06:51):
* 9x-7i > 3(3x-7u)
------------------
9x-7i > 9x-21u -9X -9X
------------------
-7i/7 > -21u/7

xxxx diz (06:52):
* o resultado fica assim:
i <3 u

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Manifesto do Coração!

MANIFESTO DO
1. Seja honesto
2. Acredite em conto de fadas
3. Aceite o tempo como seu amigo e não como seu inimigo
4. Garanta que o sexo seja bom
5. Promova a beleza. Faça uma campanha contra a feiura
6. Abandone a busca pela felicidade e suas falsas promessas
7. Tenha compaixão
8. Sempre esteja disposto a admitir que errou.
(extraído do filme Regras do Amor)

domingo, 1 de agosto de 2010

Psicologia de Um Vencido


"Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênese da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.

Profundissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância...
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
Que se escapa da boca de um cardíaco.

Já o verme - este operário das ruínas -
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e á vida em geral declara guerra,

Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!"
(Augusto dos Anjos)

segunda-feira, 26 de abril de 2010

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

"...o amor é uma flor e você é apenas a semente..."


[tradução]


A Rosa

"Alguém diz amor, é um rio
Que deita a relva suavemente
Alguém diz amor, é uma lâmina
Que deixa sua alma sangrando
Alguém diz amor, é uma fome
Uma necessidade de dor sem fim
Eu digo amor é uma flor
E você é a apenas a semente

É o coração com medo de quebrar
Que nunca aprende a dançar
É o sonho com medo de acordar
E nunca teve a chance
É o primeiro que não pode ser pego
O que não pode ser mostrado
E a alma com medo de afundar
Que nunca, aprende a viver

Quando a noite aconteceu, vindo sozinha
E a estrada tinha sido muito longa
Que você pensou que o amor era apenas
Para os sortudos e os fortes
Apenas lembre do inverno passado,
Que embaixo da neve triste
Dorme a semente que o sol ama
E na primavera ela se transforma em rosa..."

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

domingo, 24 de janeiro de 2010

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

E espero que o fim da tarde venha com vocêeeeee...




"...nem penso muito no que pode acontecer
enquanto arrumo todas as coisas que eu sinto,

o meu passado e o meu destino.

e espero que o fim da tarde venha com vocêeeee..."

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

se para muitos....

"...por mais que se percam nas distancias
ou ardam,
silenciosamente
eu sempre as encontrarei,

pois, se para muitos infinito é o universo,
eu bem sei que infinitos
também são os meus olhos..."


domingo, 17 de janeiro de 2010

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Desencanto - Manuel Bandeira

"Eu faço versos como quem chora
De desalento... de desencanto...
Fecha o meu livro, se por agora
Não tens motivo nenhum de pranto.

Meu verso é sangue. Volúpia ardente...
Tristeza esparsa... remorso vão...
Dói-me nas veias. Amargo e quente,
Cai, gota a gota, do coração.

E nestes versos de angústia rouca,
Assim dos lábios a vida corre,
Deixando um acre sabor na boca.
- Eu faço versos como quem morre."

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Fácil, Fácil.. rsrsrs

Amigo é para essas coisas!
ahahaha

domingo, 3 de janeiro de 2010

Esotérico!


"Não adianta nem me abandonar
Porque mistério sempre há de pintar por aí
Pessoas até muito mais vão lhe amar
Até muito mais difíceis que eu prá você
Que eu, que dois, que dez, que dez milhões, todos iguais
Até que nem tanto esotérico assim
Se eu sou algo incompreensível, meu Deus é mais
Mistério sempre há de pintar por aí
Não adianta nem me abandonar
Nem ficar tão apaixonada, que nada
Que não sabe nadar
Que morre afogada por mim..."
"Existe somente uma idade para a gente ser feliz.
Somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível
sonhar, fazer planos e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
Uma só idade para a gente se encantar com a vida,
viver apaixonadamente e desfrutar tudo com intensidade,
sem medo nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria semelhança e vestir-se com todas as cores,
experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores.
Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é
mais um convite à luta, que a gente enfrenta com
toda a disposição de tentar algo novo, de novo e de novo
E quantas vezes for preciso.
Essa idade tão fulgas na vida da gente chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa..."

sábado, 2 de janeiro de 2010

Guerra e Paz


"Os que se chamam grandes homens são etiquetas
que dão o seu nome aos acontecimentos históricos;
e assim como as etiquetas,
não têm relação com esses acontecimentos."
(L. Tolstoi)

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

para que foi mesmo???

Olha 2010 aiiii...

FELIZ ANO NOVO
PARA TODOS/AS NÓS!!!
E QUE HAJA SEMPRE
UM MOTIVO ESPECIAL
QUE NOS UNA
E NOS FAÇA VIVER!!!